Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes disseminam conhecimento sobre sustentabilidade

Notícias

Estudantes disseminam conhecimento sobre sustentabilidade

por Thâmara Filgueiras publicado: 08/08/2017 16h47 última modificação: 08/08/2017 16h47

Para estudantes de cursos de licenciatura, toda experiência em sala de aula é bem-vinda, pois já prepara os futuros professores para a prática docente. No Campus Dianópolis, do IFTO, a turma do 2º período de licenciatura em Computação já está ganhando familiaridade em ficar à frente de uma sala de aula, por meio das atividades do projeto Educação Ambiental e Consumo Consciente e Sustentável, que integra a disciplina de Fundamentos filosóficos históricos e filosóficos da educação, ministrada pela professora Cássia da Silva.

A ideia do projeto é que os estudantes desenvolvam atividades práticas em escolas da rede pública de ensino dos municípios de Almas, Dianópolis e Rio da Conceição, a fim de compartilhar conhecimentos adquiridos em sala de aula. Os estudantes foram divididos em equipes, e estiveram nas escolas aplicando atividades práticas por meio de oficinas de reciclagem, além de apresentação de vídeos e fotos.

O estudante Fábio Lopes participou do projeto por meio do desenvolvimento de atividades com os alunos do 8º ano fundamental da Escola Estadual Júlio Ferreira de França, em Rio da Conceição.  Ele disse que já havia tido experiência em sala de aula anteriormente, mas a ocasião promoveu uma reflexão do que realmente é ser professor. "Nós pudemos ver a expectativa criado pelo aluno e a grande aceitabilidade. Trabalhamos a parte teórica por meio de vídeo, fizemos atividades com teclado, produção de objetos com materiais recicláveis, como caixas presenteáveis com embalagem de leite líquido, confecção de coruja com rolo de papel higiênico e papéis que iriam ser jogados fora. Foi uma experiência muito gratificante, principalmente com relação ao feedback dos alunos". 

Após a conclusão do projeto, os licenciandos tiveram um importante retorno do trabalho realizado: "recebemos mensagens dos pais agradecendo e falando o relato dos filhos, além do agradecimento dos alunos da escola, pedindo que o projeto tivesse continuidade", completou Fábio.