Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reitor do IFTO participa de reunião com o novo ministro da Educação

Notícias

Reitor do IFTO participa de reunião com o novo ministro da Educação

Ministério da Educação

O ministro ressaltou o propósito de ampliar o acesso à educação profissional e tecnológica com a expansão da Rede Federal e acrescentou, ainda, que “toda qualificação profissional avançada tem impacto na economia”.
por Jully Anna Santana publicado: 10/04/2015 10h01 última modificação: 13/04/2015 16h27

O reitor do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Francisco Nairton, participou da 51ª reunião ordinária do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), realizada nos dias 7, 8 e 9 de abril, que contou com a presença do recém-empossado ministro da Educação, Renato Janine.

Na abertura da reunião, o ministro ressaltou o propósito de ampliar o acesso à educação profissional e tecnológica com a expansão da Rede Federal e acrescentou, ainda, que “toda qualificação profissional avançada tem impacto na economia”.

O presidente do Conif, Belchior Rocha, apresentou os planos para a Rede de acordo com as características de cada instituição e as metas que estão previstas no Plano Nacional de Educação (PNE), que indicam a ampliação do desenvolvimento de técnicas que auxiliem os arranjos produtivos locais e a construção de mais de 210 unidades na Rede. Ele ressaltou também o compromisso de cada instituição na pesquisa e na educação tecnológica.

Na ocasião, os membros do Conif entregaram o documento de propostas de ações para a educação profissional e tecnológica ao ministro, com a intenção de registrar o benefício de cada solicitação à construção e perpetuação da Rede Federal como referência educacional no país. O reitor Francisco Nairton esteve presente no ato da entrega para representar os interesses do IFTO no desenvolvimento de ações nos campi do Tocantins.

Ainda nesta reunião do Conif, Nairton sugeriu a inclusão como ponto de pauta de debate sobre o posicionamento da Advocacia-Geral da União (AGU) que impossibilita a concessão de bolsas de pesquisa e extensão aos servidores técnico-administrativos, Parecer nº 23/2014. Segundo decisão do Conif, Nairton terá como atribuição a elaboração de uma minuta de ofício com a proposta de alteração da lei, para posterior encaminhamento ao Ministério da Educação (MEC) pelo conselho.

A próxima reunião ordinária do Conif será em Recife (PE), nos dias 26, 27 e 29 de maio, durante o III Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica.

(Com informações da assessoria de comunicação do Conif)