Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reitor do IFTO reúne-se com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Notícias

Reitor do IFTO reúne-se com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

O reitor do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Francisco Nairton, solicitou reunião com a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, para continuar as discussões sobre o projeto Arco Norte, que foi lançado no Plano Safra de 2014.
por CCE publicado: 10/04/2015 10h05 última modificação: 13/04/2015 16h37
Colaboradores: CCE

O reitor do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Francisco Nairton, solicitou reunião com a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, para continuar as discussões sobre o projeto Arco Norte, que foi lançado no Plano Safra de 2014.

A solicitação foi uma iniciativa coletiva dos reitores, Francisco Nairton, do Instituto Federal do Tocantins; Vicente Pereira de Almeida, do Instituto Federal Goiano; José Bispo Barbosa, do Instituto Federal do Mato Grosso; Geovane Barbosa do Nascimento, do Instituto Federal Baiano; Elio Almeida Cordeiro, do Instituto Federal do Pará; e do representante da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), Luciano Toledo.

Para estabelecer o início das conversas, os reitores e o representante da Setec foram recebidos pela secretária executiva do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Maria Emilia Jaber. Os reitores aproveitaram a reunião para sondar a possibilidade de adiantar a instalação do Polo de Inovação Tecnológica, uma vez que faz parte da proposta de desenvolvimento tecnológico da produção agrícola.

No Tocantins, o polo beneficiará as experiências com equipamentos desenvolvidos em projetos de pesquisas do IFTO, além disso, outras instituições de educação e incentivo ao desenvolvimento tecnológico poderão usufruir das instalações do polo estímulo à produção de novas tecnologias capazes de viabilizar e facilitar as atividades profissionais e técnicas em diversas áreas do conhecimento.

Arco Norte

Consiste em um complexo de portos localizados nos municípios de Itacoatiara (AM), Santarém (PA), Vila do Conde (PA), Itaqui (MA), Salvador (BA), Ilhéus (BA) que, de acordo com o planejamento do Ministério da Agricultura, possibilitarão o aumento da capacidade de exportação em 6 milhões de toneladas, facilitando dessa maneira o escoamento, devido à proximidade da área da produção.

Com a implantação do Arco Norte busca-se desobstruir o escoamento de cargas nos portos do Sul e Sudeste do país. A partir de uma ação interministerial, o governo federal busca construir um modelo de concessão para hidrovias consideradas estratégicas na logística de escoamento da produção agrícola, entre elas a Tocantins-Araguaia.

(Com informações do site do Ministério da Agricultura)