Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Representantes do MEC irão avaliar e credenciar o IFTO ao Ensino a Distância

Notícias

Representantes do MEC irão avaliar e credenciar o IFTO ao Ensino a Distância

EAD

Entre os dias 21 e 23, dois representantes do Ministério da Educação (MEC) estarão presentes em Palmas para realizar a avaliação e o credenciamento do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) nos termos de oferta de cursos de pós-graduação lato sensu pelo Ensino à Distância (EaD).
por Coordenação de Comunicação e Eventos (CCE/Reitoria) publicado: 18/09/2015 07h54 última modificação: 18/09/2015 07h57

Entre os dias 21 e 23, dois representantes do Ministério da Educação (MEC) estarão presentes em Palmas para realizar a avaliação e o credenciamento do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) nos termos de oferta de cursos de pós-graduação lato sensu pelo Ensino à Distância (EaD).

 No primeiro dia de avaliação, próximo dia 21, às 8h30, os avaliadores reunir-se-ão com o reitor e os gestores para o fechamento da agenda, ao longo do dia irão desempenhar várias etapas desse trabalho, e às 16h30 encontrarão com o diretor de Ensino à Distância (EaD) do IFTO, a coordenadora, os docentes e os tutores do curso de pós-graduação lato sensu em Educação Profissional Integrada à Educação Básica para Jovens e Adultos (Proeja) que é ofertado no Campus Gurupi. Esta reunião vai ocorrer por vídeo conferência, visto que o deslocamento até Gurupi iria ultrapassar o prazo de avaliação.

 Segundo a diretora de Pós-graduação do IFTO, Erna Denzin, os critérios de avaliação são muitos, todos voltados à excelência na capacidade de atendimento dos alunos. “Dentre os critérios de avaliação, estão: organização institucional, instalações físicas, a qualidade dos equipamentos de tecnologia da informação, o quadro e o número de docentes, os programas de formação específicos para atuar na docência a distância, entre outros”.

Todos os critérios de avaliação e credenciamento constam no documento - Instrumento de credenciamento institucional para oferta da modalidade de educação a distância. Este documento encontra-se em anexo abaixo e também disponível no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

 Após a avaliação do MEC, o instituto será credenciado e poderá ofertar qualquer curso pelo ensino à distância (EaD).

 CRONOGRAMA DE TRABALHO DOS AVALIADORES

 

 

21/09

 

Avaliação in loco

 

8:30 – 9:00 h

Reunião com os dirigentes – fechamento da agenda de trabalho.

9:00 – 9:30 h

Reunião com a Comissão Própria de Avaliação (CPA).

9:30 – 12:00 h

Análise de documentos disponibilizados.

12:00 – 14:00 h

Intervalo para almoço.

14:00 – 16:30 h

Análise de documentos disponibilizados.

16:30 – 17:30 h

Reunião por vídeo conferência com docentes e tutores do curso, além do coordenador de Ead.

17:30 – 18:30 h

Reunião com o corpo técnico administrativo (secretaria, gestão acadêmica, produção e distribuição de material didático, biblioteca, área tecnológica).

 

 

22/09

 

 

Avaliação in loco

8:30 – 12:00 h

Atividade interna da comissão. Preenchimento do formulário eletrônico. Reunião com o coordenador de Ead (se necessário).

12:00 – 14:00 h

Intervalo para almoço.

14:00 – 18:00 h

Atividade interna da comissão – preenchimento do formulário eletrônico.

18:00 – 18:30 h

Reunião de encerramento.

23/09

Regresso da Comissão de Avaliação.